Veja 5 peças do carro que mais sofrem desgaste!

Quando temos um carro é muito comum realizarmos alguns tipos de manutenção nele periodicamente, isso porque ocorrem desgastes naturais de algumas conforme utilizamos o veiculo e precisamos realizar a substituição por novas.

Essas peças são parte de diversos sistemas variados do veiculo, sejam eles pneus, amortecedores, velas de ignição, freio, palhetas dos limpadores de vidro e muitos outros componentes que utilizamos com frequência e sejam postas a prova em nosso dia a dia.

Todo carro possui um manual de instruções sobre o veiculo, nele contem todas essas peças assim como todas as informações necessárias a respeito de suas funções e manutenções, especificando em detalhes com prazos para realização de troca preventiva de cada componente e dando recomendações para evitar desgastes prematuros.

A seguir criamos uma lista das 5 peças que mais sofrem desgaste no veiculo e que muito provavelmente você precisará trocar com o decorrer do tempo, confira!

 

1 – Pneus

O Brasil infelizmente possui estradas muito esburacadas e consequentemente, os pneus, primeiro elemento do veiculo ao entrar em contato direto com essas irregularidades do asfalto são os que mais sofrem danos.

Ao absorver os impactos, frenar o veiculo, entre outras coisas, o pneu é um dos componentes do carro que mais sofre desgaste e deve ser preservado em boas condições para garantir a segurança do condutor e dos passageiros.


2 – Freios

O freio do veiculo é outra peça que se desgasta naturalmente e precisa de atenção direta do condutor em sua preservação. Assim como o pneu, freios em más condições podem causar acidentes já que é uma das únicas formas de imobilizar totalmente o veiculo fora o freio-de-mão.

É recomendada a troca das pastilhas de freio entre 20 e 30 mil quilômetros rodados, caso tenha duvidas consulte o manual do veiculo.

 

3 – Embreagem

A embreagem assim como o motor é um dos componentes do carro responsável pelo movimento do veiculo, com ela, o condutor consegue realizar as trocas de marcha do veiculo. Caso a embreagem seja danificada fica bem complicado engatar o carro ou até mesmo conduzi-lo.

É recomendada a troca da embreagem próxima dos 100 mil km, variando do estado de conservação da mesma.

A principal recomendação para preservar a embreagem é não ficar com o pé apoiado no pedal enquanto o carro estiver andando e nem usa-la como descanso enquanto estiver com o veiculo parado em semáforos.

 

4 – Correia Dentada

A correia dentada é uma peça muito importante no veiculo e é essencial para que ele funcione. Seu trabalho no funcionamento do veiculo é realizar a sincronização do giro do virabrequim juntamente com o comando de válvulas evitando que essas mesmas válvulas se choquem com os pistões.

Como citamos anteriormente, sua importância para o funcionamento adequado do veiculo é essencial e todo cuidado é pouco quando falamos de correia dentada!

Para garantir um bom funcionamento, é recomendado que seja feita uma inspeção na correia dentada a cada 10 mil quilômetros rodados e geralmente é trocada a cada 50 mil quilômetros dependendo do seu estado de conservação.

 

5 – Suspensão

O conjunto de suspensão dos veículos é muito importante para absorver os impactos causados na cabine e na carroceria, independentemente do tipo de via que esteja sendo trafegada.

Quando exposta em buracos, algo muito frequente em nossa dia a dia, sua eficiência é testada ao máximo podendo também comprometer alguns dos seus componentes dependendo da quantidade/gravidade de impactos que precisa absorver.

Caso você passe em buracos e perceba vibrações e barulhos vindos da suspensão, assim como sentir o carro puxando para os lados, é importante passar em um mecânico de confiança para verificar.

Gostou do nosso conteúdo? Quer continuar por dentro de tudo o que acontece no universo automotivo? Siga nosso Facebook e não perca nenhuma novidade!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *