Qual a diferença entre Vistoria Cautelar e Vistoria de Transferência?

Está prestes a comprar um carro seminovo ou usado? É de grande importância que você realize os procedimentos de vistoria antes de fechar o negocio!

Pode ser que tenha batido alguma duvida, afinal, qual vistoria é a melhor?

 

Conhecer as diferenças entre a vistoria cautelar e vistoria de transferência vai lhe trazer maior segurança na hora de comprar o seu veiculo. Saiba mais sobre ambas as vistorias a seguir.

O que é a Vistoria Cautelar?

 

A vistoria cautelar costuma ser utilizada pelo mercado de compra e venda de veículos usados e seminovos, seu principal objetivo é verificar a procedência do veiculo assim como o seu estado de conservação.

Neste tipo de vistoria os profissionais costumam realizar um verdadeiro check-up no veiculo, sendo uma modalidade de vistoria um pouco mais complexa e detalhada. Nessa vistoria é verificando tanto a parte estrutural do veiculo, quanto a sua procedência.

 

Essa analise gera um relatório, chamado de laudo cautelar. Caso este relatório seja aprovado, o que indica que o veiculo está em reais condições, faz com que a vistoria seja capaz de reduzir o risco de fraudes e futuros problemas que o comprador possa vir a ter com o veiculo.

O que é verificado na Vistoria Cautelar?

 

Dentre os itens que os profissionais avaliam durante uma Vistoria Cautelar estão:

  • Chassi do Veiculo e das peças
  • Motor
  • Pintura
  • Velocímetro
  • Pneus
  • Freio
  • Alinhamento
  • Amortecedores
  • Faróis
  • Documentação
  • Procedência
  • Outros

 

Quais são as vantagens da Vistoria Cautelar?

 

  • Compra e Venda Segura: A vistoria cautelar traz grande segurança e confiabilidade na compra. O vendedor está isento de responsabilidades em casos de alteração de veiculo por parte de quem comprou e quem comprou, garante que o veiculo esteja em boas condições mecânicas e de procedência.
  • Prevenção de Acidentes: Por analisar todos os aspectos do veiculo, a vistoria cautelar consegue reduzir os riscos de acidente, visto que todos os itens de segurança como cinto, freios e airbags foram devidamente verificados.

Como funciona a Vistoria de Transferência?

 

A vistoria de transferência é um procedimento obrigatório em todas as transações que envolvem veículos, seja de compra ou venda. Ela basicamente irá analisar a originalidade dos principais itens do veiculo, como por exemplo, chassi, motor e documentação.

A vistoria de transferência é essencial para garantir a confiabilidade do veiculo, nela é 

feita uma análise onde é gerado um laudo de transferência. Esse é o documento oficial da vistoria e é nele onde todas as fotos e registros estão cadastrados.

Quais as diferenças entre as vistorias?

 

Como falado anteriormente, a vistoria de transferência é obrigatória pelos órgãos de transito e funciona como um documento de regulamentação. Esse documento gera o laudo cautelar que tem como objetivo evitar que o comprador seja prejudicado ou vitima de algum tipo de fraude por parte do vendedor.

Já a vistoria cautelar, analisa tanto a procedência do veiculo quanto a sua estrutura, analisando se o veiculo está em boas condições visto que já foi usado e pode ter algum histórico ruim. A vistoria cautelar pode prevenir o comprador de diversos problemas e permite que ele faça uma compra consciente.

Gostou das dicas?

Então não perca mais tempo, adquira já por um ótimo preço na Super Visão Sorocaba!

Clique aqui e garanta!

 

Esperamos que tenha entendido as diferenças entre cada uma delas e possa optar pela melhor! Temos mais conteúdos como esse em nossa pagina do Facebook.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *